segunda-feira, 28 de julho de 2014

O Maravilhoso Programa de Doze Passos – Quarto e Quinto Passo

Olá pessoal chegamos a um dos mais importantes momentos do Programa de Doze Passos. O Quarto e Quinto Passo.
O Quarto Passo diz assim “Fizemos um profundo e destemido inventário moral de nós mesmos”, o que nada mais é escrever uma autobiografia com um olhar baseado nos princípios espirituais adquiridos na vivência dos passos anteriores.
Estamos em uma progressão desde o primeiro passo e a partir dele começamos a descobrir e desenvolver os princípios espirituais do programa como a aceitação, admissão, rendição, honestidade, mente aberta, boa vontade, sanidade, crença no Poder Superior ou Maior, fé, confiança, ação, entrega e isto foi apenas uma preparação para chegar até aqui e agora é literalmente a hora da verdade e para que isto aconteça de forma positiva é necessário agora agregar os princípios da coragem e profundidade.
Por que digo que é a hora da verdade? Digo porque nos passos anteriores buscamos focar os danos causados por um problema específico ou desencadeados por ele, mas agora é diferente, não se trata apenas da Dependência Química ou algum outro problema, mas sim de toda uma história pessoal, vivido dia a dia com grandes momentos e grandes decepções, glórias e desonras, acertos e equívocos e agora é hora de ver tudo isto, da verdadeira vida que vivemos ou estamos vivendo independente da Dependência Química ou do problema específico.
Todos os princípios anteriores são necessários para este passo, porque sem eles não se terá a profundidade e coragem necessária. E por que estes princípios são tão importantes? Simplesmente porque são eles que regem o programa e fundamentam as mudanças necessárias para o sucesso do mesmo. E permitem que as questões mais interiorizadas possam ser vistas.
Para se ter uma visão mais clara desta importância, o princípio da coragem que este passo requer se sustenta por exemplo nos princípios da aceitação, admissão, confiança entre outros para ter eficiência, assim sendo, com coragem não se terá receio de olhar com honestidade para sua própria história e isto fará com que os fatos sejam relatados sem temor e com máxima fidelidade.
O princípio da profundidade também é fundamentado em outros princípios, mas principalmente no seu par de atuação direta neste passo, a coragem. A profundidade é necessária para que se possa ir o mais afundo possível em cada situação e também o mais profundo na cronologia da própria história, ou seja, ir o mais para traz (entrar em contato com as primeiras vivências) possível em seus relatos. E como fazer isto sem coragem?
A intenção da escrita do inventário é primeiramente a de fixar a história e os fatos de forma que não possam ser contestados em um momento futuro, como no Quinto Passo – a leitura deste inventário – e a escrita é a melhor forma de fixação para isto e, poder olhar para toda a história de sua vida e perceber, como falei anteriormente, que esta vida não é exatamente da forma que se afirma ser ou ter sido, mas que nela tiveram situações que influenciaram claramente nas tomadas de decisões e subsequentemente no rumo que ela tomou.
A palavra moral neste momento passa a fazer sentido, já que os valores pessoais é que são basicamente avaliados neste inventário. Todas as ações ou decisões tomadas são baseadas nesta moral, ela é que dita as condutas tomadas como positivas ou negativas. Mas como relatei anteriormente, sofremos de deformidades cognitivas, o que gera padrões morais distorcidos, principalmente no dependente químico que por motivo da sua ativa passa gradualmente a desenvolver padrões amorais de conduta ou fortificar uma inversão de valores.
É muito comum através da escrita do inventário a pessoa perceber que seus padrões morais foram corrompidos ou distorcido antes mesmo do início da sua ativa e, isto é muito perturbador para qualquer pessoa. Por isto os princípios de coragem, aceitação e honestidade são muito importantes para que a pessoa não volte para a negação, principal defesa do ser humano para não assumir responsabilidades.
O principal objetivo deste inventário é coletar informações através da sua própria vida para poder estabelecer os padrões cognitivos, comportamentais e morais tanto positivo quanto negativo, tendo assim uma clara visão do que mudou e porque mudou. Lembro que na vida as mudanças podem ocorrer do bom para o ruim ou vice versa e este Passo vai mostrar o que mudou pra melhor e o que mudou para pior.
É muito importante a escrita do Passo, mas mais importante ainda é a leitura do mesmo no Quinto Passo.
O Quinto Passo simplesmente fecha o ciclo inicial dos passos, fazendo com que a pessoa faça uma nova admissão, esta admissão agora é de toda sua vida, de tudo o que viveu, assumindo suas responsabilidades, qualidades e defeitos. Toda essa observação pessoal é feita com o suporte de Deus e de outra pessoa como diz no enunciado do passo “admito perante Deus, eu mesmo e outra pessoa a natureza exata das minhas falhas”. Aí mais uma vez a importância da figura de Deus que com êxito da prática do Terceiro Passo estará conduzindo sua vida tanto na escrita do inventario, trazendo segurança, coragem, profundidade e lembranças importantes a serem expostas e sanadas, quanto na leitura do inventário e certamente na condução do restante do processo terapêutico embutido no programa de Doze Passos.
Espero ter podido deixar o mais claro possível para que servem estes passos e como se devem praticá-lo, lembrando que estes são uns dos passos mais difíceis de serem feitos, por isto requer tempo e paciência.
Antes de iniciar o Quarto Passo verifique como estão os anteriores para que não tenha problemas de regressão durante a escrita do inventário, pois você se deparará com coisas satisfatórias, mas também com situações de muita dor, frustração e extremamente desagradáveis que muitas vezes prefere-se esquecer para sempre, mas todas elas são importantes para um Corajoso e Profundo Inventário Moral.

Boa semana a todos e até a próxima postagem.

2 comentários:

  1. Sua postagem foi muito inspiradora. Obrigada. Aguardando a próxima. Abraço

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde Ulysses! Aguardo a postagem do próximo passo, tem previsão? Seus escritos tem me ajudado pessoal e profissionalmente. Grata. Abraços e beijos

    ResponderExcluir